Show simple item record

dc.contributor.authorPortella, Mariana D'Orey Gaivãopt_BR
dc.contributor.otherSwinka Filho, Vitoldopt_BR
dc.contributor.otherSilva, Guilherme Cunha dapt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Tecnologia. Programa de Pós-Graduação em Engenhariapt_BR
dc.date.accessioned2011-03-14T12:01:51Z
dc.date.available2011-03-14T12:01:51Z
dc.date.issued2011-03-14
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/25301
dc.description.abstractResumo: O sistema de isolamento compõe uma das partes mais importantes do transformador elétrico. Uma vez que a tecnologia desenvolvida até hoje não permite a regeneração do papel Kraft durante a operação do equipamento, a qualidade deste material é elemento chave na manutenção, com a análise do furfuraldeído (2-FAL) dissolvido em óleo mineral isolante (OMI). Ao longo dos últimos anos, pesquisas investiram no desenvolvimento de materiais capazes de suportar condições mais severas de temperatura e esforço mecânico, como o papel Kraft termoestabilizado. Paralelamente a esta iniciativa, surge a necessidade de desenvolvimento de estudos que visem diagnosticar de forma rápida, direta ou indiretamente, os processos degenerativos envolvidos. Assim, neste trabalho, pelo envelhecimento em estufas de sistemas contendo óleo e papel isolante, foi possível simular o estresse térmico ao qual um transformador de potência está sujeito, verificando as alterações nas propriedades dos materiais envolvidos, de modo a comparar o envelhecimento dos sistemas de isolamento sólido termoestabilizado e convencional. Para tal, foram realizados ensaios sob OMI e papel envelhecidos termicamente, permitindo não somente o estudo destes sujeitos a uma única condição, como também a interação de ambos, a influência de um incremento de temperatura e a comparação de dois materiais diferentes. Em um primeiro momento foram realizados os ensaios físico-químicos em OMI, para verificar a alteração das propriedades do material, bem como a presença de apenas estresse térmico, sendo realizada uma comparação com os dados de equipamentos de campo. Notou-se uma diminuição gradativa da tensão interfacial, bem como aumento leve do fator de potência do óleo, o que comprovou o envelhecimento do material. Paralelamente, foi realizado o estudo da degradação do isolamento sólido, por meio de ensaios de grau de polimerização (GP), microscopia eletrônica de varredura (MEV) e Resistência à Tração sob as amostras envelhecidas em laboratório. Os resultados obtidos comprovaram a menor resistência do papel convencional em relação ao termoestabilizado, devido ao decaimento do GP, aparecimento de falhas e diminuição da densidade de fibras e com o aumento da fragilidade mecânica do material. Produtos indicadores da degradação do papel isolante em equipamentos elétricos, os compostos furânicos (CF) foram avaliados frente à diminuição do GP do isolamento sólido, de modo a desenvolver um estudo comparativo entre ambos os tipos de materiais existentes e que propiciasse uma análise diferenciada dos ensaios de manutenção de transformadores. O 2-FAL apresentou um comportamento padrão, com o aumento de sua concentração com o tempo de envelhecimento para o papel convencional. Porém, para o isolamento termoestabilizado, confirmando algumas pesquisas da literatura, o único composto que apresentou resultado foi o álcool furfurílico (2-FOL), sendo verificada a dissolução do composto em óleo para GP a partir de 900 e a formação de curvas de evolução de aumento suave, porém pouco gradual ou constante. Tal resposta do óleo em relação à degradação térmica do papel termoestabilizado se mostrou interessante para a manutenção, uma vez que foi verificado que o acompanhamento desenvolvido deverá ser realizado de forma diferente daquele aplicado ao papel convencional de modo a visar diminuição da possibilidade de ocorrência de falhas.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectTesept_BR
dc.subjectTransformadores eletricospt_BR
dc.subjectMateriais isolantespt_BR
dc.subjectPapelpt_BR
dc.titleAvaliação da presença de indicadores de oxidação do papel isolante termoestabilizado em equipamentos de subestaçãopt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record