Show simple item record

dc.contributor.authorAraújo, Alexy Gaione Viegas dept_BR
dc.contributor.otherDudeque, Norton Eloy, 1958-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Humanas, Letras e Artes. Programa de Pós-Graduação em Músicapt_BR
dc.date.accessioned2011-03-14T11:57:05Z
dc.date.available2011-03-14T11:57:05Z
dc.date.issued2011-03-14
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/25298
dc.description.abstractResumo: Esta dissertação é um estudo histórico-analítico da peça Ragtime para onze instrumentos, de Igor Stravinsky (1882-1971). Apresenta discussão entre autores a respeito da abordagem histórica do ragtime nos Estados Unidos e seus desdobramentos na Europa: o contato de Stravinsky com o ragtime tradicional; o diálogo entre a música popular americana e a música de concerto européia (BERLIN, 1980, 1994 e 2001; BOMBERG, 2002; COOKE, 1998; MCKINLEY, 1986; SHAW, 1986; TARUSKIN, 1996; WALSH, 2002). A partir da abordagem estilística do ragtime tradicional (SCHAFER e RIEDEL, 1973; BERLIN, 1980), busca investigar indícios em Ragtime para onze instrumentos da existência do elemento popular no material composicional e da possível influência de arranjos de ragtime na peça de Stravinsky. Levanta questões relacionadas à análise estrutural de Ragtime para onze instrumentos, tendo como base a teoria de Allen Forte (1973).pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.titleO elemento popular na obra "Ragtime para onze instrumentos", de Igor Stravinskypt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record