Show simple item record

dc.contributor.authorSegui, Maria Luiza Hexselpt_BR
dc.contributor.otherPeres, Aida Marispt_BR
dc.contributor.otherBernardino, Elizabethpt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciencias da Saúde. Programa de Pós-Graduaçao em Enfermagempt_BR
dc.date.accessioned2011-03-14T11:49:45Z
dc.date.available2011-03-14T11:49:45Z
dc.date.issued2011-03-14
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/25295
dc.description.abstractResumo: Pesquisa exploratória descritiva com abordagem qualitativa, que teve por objetivo analisar os espaços de atuação das enfermeiras em uma instituição hospitalar de ensino da cidade de Curitiba, PR, após a implantação de um novo modelo gerencial. Aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa do Setor de Ciências da Saúde/UFPR, o estudo teve um universo de 215 enfermeiras, e os sujeitos da pesquisa, após a categorização dos cargos foi de quatro enfermeiras que atuam em comissão/comitê, oito enfermeiras dos cargos que fazem parte da estrutura do Serviço de Enfermagem e três dos cargos externos ao Serviço de Enfermagem, definidos como administrativos. A coleta de dados foi realizada por entrevista semi-estruturada, com as falas transcritas e categorizadas segundo a técnica de análise de conteúdo segundo Bardin. Todos os sujeitos são do sexo feminino, na faixa etária entre 25 e 59 anos, com formação acadêmica entre 05 e 30 anos, tempo de atuação no hospital entre 05 e 30 anos, a maioria tem pós-graduação, quatro são mestres, três mestrandas e duas doutorandas. Como resultados emergiram seis categorias de análise:1 - atividades desenvolvidas pela enfermeira; 2 - mudanças profissionais e pessoais após assumir o cargo; 3 - satisfação/insatisfação no desempenho do cargo; 4 - contribuições para o exercício do cargo; 5 - competências para o desempenho no cargo; e 6 - reconhecimento profissional a partir da atuação da enfermeira no cargo atual. As atividades das enfermeiras, de acordo com o agr pamento de cargos, se dividem em assessoria, vigilância em saúde, atividades administrativas, atividades assistenciais, educação em serviço, orientação em saúde, pesquisa e atividades administrativas institucionais. As mudanças profissionais e pessoais ocorridas após assumir o cargo traduzem-se em: oportunidades de conhecer o contexto hospitalar de forma mais abrangente e ampliar o foco de trabalho; a importância de trabalhar com uma equipe multiprofissional; a possibilidade de sair da assistência direta, citada como mudança pessoal positiva; o empoderamento pelo conhecimento adquirido; a modificação no padrão do relacionamento com a equipe; a responsabilidade pelo próprio trabalho; e viver sob pressão, principalmente referido pelas enfermeiras em cargos administrativos. Na categoria satisfação/insatisfação no desempenho do cargo, os pontos positivos levantados foram autonomia técnica , satisfação com o trabalho, a possibilidade de receber etroalimentação sobre o trabalho realizado, ter uma atividade sem subordinados pelos quais responde, necessidade de conhecimento técnico e oportunidade de aprendizado. Os pontos negativos relatados foram o desgaste pessoal e a falta de apoio institucional, maior pressão, impotência administrativa e a estrutura organizacional do serviço público que limita a atuação. As contribuições da formação acadêmica para o exercício do cargo foram consideradas básicas na aquisição dos conhecimentos profissionais, sendo a experiência adquirida na prática do exercício profissional como mais significativa para o exercício do cargo atual. Sobre a contribuição da instituição há divergências entre as enfermeiras. As competências consideradas foram a necessidade do conhecimento na área de atuação e conhecimento técnico, liderança, abilidade no relacionamento interpessoal, atitude ética, segurança e confiança para tomada de cisões. Os sujeitos referem que existe reconhecimento do conhecimento específico da enfermeira, mas o reconhecimento profissional se dá pelo desempenho individual da enfermeira e vem da atuação em cargos distantes do cuidado.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.titleAnálise da atuação das enfermeiras em um modelo gerencial de unidades funcionaispt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record