Show simple item record

dc.contributor.authorSilva, Renan Fischer ept_BR
dc.contributor.otherAlbini, Luiz Carlos Pessoapt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciencias Exatas. Programa de Pós-Graduaçao em Informáticapt_BR
dc.date.accessioned2011-03-14T11:48:22Z
dc.date.available2011-03-14T11:48:22Z
dc.date.issued2011-03-14
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/25294
dc.description.abstractResumo: MANETs (Mobile Ad Hoc Networks) são redes sem fio e sem infra-estrutura estabelecidas dinamicamente, sem a necessidade de uma administração centralizada. Devido ao roteamento distribuído nessas redes e ao meio de comunicação sem fio redes Ad Hoc podem apresentar todos os problemas de segurança existentes em redes convencionais e ainda novos desafios. O uso de criptografia é a principal técnica para garantir a transferência de dados em uma rede de forma segura. Nos sistemas criptográficos assimétricos, os nós utilizam uma chave para cifrar uma mensagem e outra chave para decifrar a mesma. A tarefa de administrar essas chaves é realizada por um Sistema de Gerenciamento de Chaves, que define a emissão, o armazenamento, a distribuição, a proteção e a revogação das mesmas. Esse trabalho apresenta um novo Sistema de Gerenciamento de chaves baseado em Virtualização. Nesse sistema, chamado de Virtual Key Management (VKM), ´e utilizado uma estrutura virtual, sem qualquer relação com as coordenadas físicas dos nós da rede, para estabelecer a confiança entre os mesmos. Dessa forma, os nós seguem as regras estabelecidas por essa estrutura para realizar a emissão, o armazenamento, a distribuição, a proteção e a revogação de chaves públicas e de chaves privadas na rede. O VKM é 100% resistente a ataques de Criação de Identidades Falsas. Quando comparado com o Sistema de Gerenciamento de Chaves Públicas Auto-organizado (PGP-Like), o VKM mostra maior resistência contra ataques de Personificação e a mesma resistência contra ataques de Falta de Cooperação. Quando comparado com o Group-based Key Management (GKM), o VKM mostra maior resistência contra ataques de Criação de Identidades Falsas por ser 100% resistente ao mesmo. O Virtual Routing Protocol (VRP) e o Virtual Distance Vector (VDV) são dois protocolos de roteamento híbridos que utilizam uma estrutura virtual para definir a parte pró-ativa do protocolo. Esse trabalho também mostra que o impacto no roteamento causado pela incorporação do VKM nesses protocolos de roteamento causa queda na taxa de entrega de dados, aumento do atraso no envio de mensagens e aumento da sobrecarga gerada na rede.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.subjectRedes de computaçaopt_BR
dc.subjectSistemas de comunicação sem fiopt_BR
dc.subjectRoteamento (Administração de redes de computadores)pt_BR
dc.titleSistemas de gerenciamento de chaves públicas baseado em virtualização para redes AD HOC móveispt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record