Show simple item record

dc.contributor.advisorKirchner, Flavio Felipe, 1951-pt_BR
dc.contributor.authorMatos, Francisca Dionizia de Almeidapt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciencias Agrárias. Programa de Pós-Graduaçao em Engenharia Florestalpt_BR
dc.date.accessioned2013-06-19T14:25:00Z
dc.date.available2013-06-19T14:25:00Z
dc.date.issued2013-06-19
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/25206
dc.description.abstractA técnica de Processamento Digital empregada teve por objetivo facilitar a identificação e a extração de informações dos talhões, que posteriormente serviram como dados para a construção de uma regra de classificação por Análise de Discriminante Linear. Os grupos para discriminação e classificação foram formados a partir de um cadastro florestal da área de estudo, a qual é composta de povoamentos de espécies dos gêneros Pinus e Eucalyptus e está situada no Município de Telêmaco Borba, Paraná, Brasil. A Análise de Discriminante foi aplicada aos 18 grupos determinados, com todas as bandas de mesma resolução espacial, do sensor Mapeador Temático do Landsat-5. Uma Análise de Componentes Principais foi utilizada com o intuito de selecionar as melhores bandas, desde que a eliminação de alguma(s) dela(s) não afetassem demasiadamente a classificação obtida com todas as bandas. O efeito desta eliminação foi analisada numa nova classificação executada sem as bandap eliminadas, pelo mesmo processo anterior de discriminação linear Todos os processos acima foram empregados para os grupos de Pinus taeda e Pinus elliottii. Para as folhosas, Eucalyptus saligna e Eucalyptus grandis efetuou-se somente a primeira Análise de Discriminante, levando-se em conta que as espécies mencionadas continham 2 e 3 grupos respectivamente, não justificando uma Análise de Componentes Principais e Análise de Discriminantes posteriores, Os resultados mostraram que os valores digitais, quando usados para classificação por Análise de Discriminante Linear e envolvendo muitos grupos, não fornece um resultado satisfatório. Não ocorre diferenciação entre as espécies de Pinus com idades iguais. A Análise de Componentes Principais mostrou que os dados quando expandidos podem ficar mascarados por ação do contraste e ainda, que a melhor combinação para uma composição colorida seriam os canais 3, 5 e 7 haja vista que o primeiro componente é explicado por estas três bandas.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectFlorestas - Sensoriamento remotopt_BR
dc.subjectLandsat (Satelites)pt_BR
dc.subjectPovoamento florestalpt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.subjectSatelites artificiais em sensoriamento remotopt_BR
dc.titleIdentificação de estratos de reflorestamento atraves de imagens orbitais do LANDSAT-Spt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record