Show simple item record

dc.contributor.authorCastellon Diaz, Marcio Emíliopt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciencias Agrárias. Programa de Pós-Graduaçao em Engenharia Florestalpt_BR
dc.date.accessioned2013-06-24T18:06:14Z
dc.date.available2013-06-24T18:06:14Z
dc.date.issued2013-06-24
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/25167
dc.description.abstractO presente trabalho consiste na introdução de novos conceitos para o cálculo, em termos geométricos, da distância média de arraste, sem considerar fatores e coeficientes normalmente utilizados na metodologia tradicional que envolve o referido cálculo. São apresentados três modelos matemáticos que evoluíram da concepção matemática de um modelo considerado como convencional de uso quase desconhecido. Os novos modelos matemáticos para o cálculo da distanciam média de arraste são aplicáveis para áreas estratificadas ou divididas em comportamentos segundo os critérios mais relevantes nos custos, independentemente do formato regular ou irregular da figura rasu1tante. Adicionado ao expresso anteriormente, considerado a introdução de uma análise que determina, nos mesmos termos geométricos, o cálculo do ponto no qual as distâncias internas de arraste são otimizadas, isto é, a localização ideal do pátio de estocagem expresso em coordenadas cartesianas do centróide, aplicável para figuras de formato regular ou irregular. Por definição, os três novos modelos matemáticos, para o cálculo da distância média de arraste, baseiam-se nas características do sistema de eixos cartesianos, nas propriedades geométricas das figuras tendo como ponto de referência para sua aplicação, as coordenadas cartesianas do centróide. A utilização de tais modelos demonstrada e considerada viável nas florestas nativas de Pinus spp. com notáveis vantagens com respeito aos métodos até agora conhecidos. Sua aplicação é simples, flexível e acessível, no requer conhecimentos profundos de matemática sua utilização pode ser facilmente determinada através do uma calculadora de bolso programável. Equações para o cálculo da distância média de arraste foram aplicadas para setores circulares e para figuras circulares, comumente utilizadas no sistema de extração por cabos aéreos.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectMadeira - Exploraçãopt_BR
dc.titleEvolução e aplicação de modelos matematicos para o calculo da distancia media de arraste em florestas nativas de Pinus spppt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record