Show simple item record

dc.contributor.authorSilva, Luiz Alberto Andriolipt_BR
dc.contributor.otherWeinhardt, Marilene, 1952-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciencias Humanas, Letras e Artes. Programa de Pós-Graduaçao em Letraspt_BR
dc.date.accessioned2010-11-26T13:40:31Z
dc.date.available2010-11-26T13:40:31Z
dc.date.issued2010-11-26
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/24856
dc.description.abstractResumo: Dalton Trevisan é conhecido pela concisão de suas palavras. Ele também há décadas se nega a dar entrevistas ou declarações para a imprensa. Mesmo assim, os jornais não deixam de comentar seus livros. Esta dissertação analisa de que forma o silêncio do contista aparece na mídia. Em algumas situações, os jornalistas buscam na obra do autor as respostas necessárias e verossímeis. Em outros momentos, é a interpretação a partir das palavras do escritor que preenche as lacunas. Em ambas as formas, a discussão aqui proposta aponta que o silêncio de Dalton Trevisan é uma estratégia literária em nome da mortalidade pretendida pelo Vampiro de Curitiba.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectImprensapt_BR
dc.subjectTrevisan, Dalton, 1925-pt_BR
dc.subjectJornalismo - Aspectos sociaispt_BR
dc.subjectSilenciopt_BR
dc.subjectDissertações - Letraspt_BR
dc.titleO silêncio do vampiropt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record