Show simple item record

dc.contributor.advisorFirkowski, Carlospt_BR
dc.contributor.authorFeiden, Arminpt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciencias Agrárias. Programa de Pós-Graduaçao em Engenharia Florestalpt_BR
dc.date.accessioned2013-06-25T14:27:42Z
dc.date.available2013-06-25T14:27:42Z
dc.date.issued2013-06-25
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/24837
dc.description.abstractBuscando-se comparar os efeitos de alterações na cobertura florestal sobre o desenvolvimento de colônias da abelha jataí (Tetragonisca angustula angustula Latreille, Hymenoptera, Apidae), foi realizada no Município de Foz do Iguaçu, oeste do Paraná, uma comparação entre dez colmeias localizadas em uma Floresta Estacional Semidecidual não alterada, fase clímax, e dez colmeias situadas em uma Floresta Estacional Semidecidual, alterada, em processo de regeneração natural, fase capoeira. Foram coletadas mensalmente nove variáveis, duas delas referentes às colmeias e as demais ao tubo de entrada das colmeias. Também foram coletadas amostras de mel e de pólen, através das quais foram identificadas as principais famílias de plantas visitadas pelas abelhas. O resultado da análise mostrou diferenças nos ambientes considerados. A análise individual das variáveis mostrou que os efeitos dos ambientes foram verificados nas características dos tubos de entrada das colmeias, principalmente comprimento, incremento em comprimento, incremento em volume e valoração das cores. Foram observados indícios de que o comprimento do tubo de entrada das colmeias está ligado às condições de defesa da colmeia, possivelmente contra formigas. Dados de correlação da valoração das cores com o peso, incremento em peso, reservas de mel e reservas de pólen, indicam serem as cores relacionadas com a atividade da colmeia. As correlações do peso e incremento em peso com os dados meteorológicos mostraram baixa correlação; apenas a precipitação e a temperatura mostraram uma maior correlação. Considerando-se especificamente a correlação do peso médio mensal das colmeias com a temperatura média mensal foi observado um valor mais elevado no intervalo de 16 a 24°C. A análise das amostras de mel e de pólen mostrou diferentes preferências de coleta nos dois ambientes, embora a família Mirtaceae tenha sido mais importante em ambos, tanto nas amostras de mel como de pólen. Em cada ambiente, algumas famílias foram preferidas, indicando maior volume de néctar e pólen. Em menor escala, foram visitadas numerosas outras famílias, mostrando que a jataí tem hábitos alimentares flexíveis e é capaz de explorar com sucesso os recursos disponíveis.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectAbelha - Comportamentopt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.titleDesenvolvimento da colonia e habito da abelha Jatai (Tetragonisca angustula angustula Latreille) em duas florestas estacionais semideciduaispt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record