Show simple item record

dc.contributor.advisorMenon, Odete Pereira da Silva, 1953-pt_BR
dc.contributor.authorDalto, Cristiane Dias de Limapt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Letraspt_BR
dc.date.accessioned2020-03-05T16:45:30Z
dc.date.available2020-03-05T16:45:30Z
dc.date.issued2002pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/24554
dc.descriptionOrientador : Odete Pereira da Silva Menonpt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Humanas, Letras e Artes. Curso de Pós-Graduação em Letras. Defesa : Curitiba, 27/05/2002pt_BR
dc.descriptionInclui referênciaspt_BR
dc.descriptionÁrea de concentração : Estudos linguísticospt_BR
dc.description.abstractResumo: Este trabalho tem como objetivo o estudo do funcionamento dos pronomes-objeto de primeira e de segunda pessoas nos dialetos das capitais dos três estados do Sul do Brasil. Como base de dados para o estudo, foram utilizadas as amostras de fala de Florianópolis, de Curitiba e de Porto Alegre que fazem parte do Banco de Dados do Projeto VARSUL (Variação Lingüística Urbana da Região Sul do Brasil) - num total de 72 entrevistas (24 por cidade). Para análise quantitativa do corpora da pesquisa, utilizouse o pacote Varbrul (Pintzuk, 1988). A hipótese de trabalho insere-se no quadro da sociolinguística variacionista e diz respeito à alternância das formas pronome-objeto - clítico pronominal (me, te,...) e forma tônica (pra mim, pra ti,...) - consideradas padrão pela Gramática Tradicional -, pronome-sujeito (eu, tu,...) e objeto nulo (0) no desempenho das funções de objeto direto e de objeto indireto. O que se procura observar é em que medida há co-ocorrência e concorrência dessas três formas para a mesma função sintática, quer de objeto direto, quer de indireto, nas amostras de fala analisadas e quais são os contextos em que essa alternância se processa.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: This research aims to study the behaviour of first and second object pronouns in the dialects of Florianópolis, Curitiba and Porto Alegre, the three state capital cities of Southern Brazil. The hypothesis to achieve that research is related to the alternation of the structures object pronouns - pronominal clitics (me, te...) and tonic forms (pra mim, pra ti,...) - , which are considered to the Traditional Grammar as a standard structures to the direct and indirect objects functions in the Brazilian Portuguese, subject pronouns (like eu and tu) and null objects in the same function: as object. As the data base for that study, we used spoken Brazilian Portuguese samples which are part of the VARSUL Project (Urban Linguistic Variation of the South Region of Brazil) - 72 interviews as a whole (24 on each city). To the quantitative analysis of the corpora I used the Varbrul package (Pintzuk, 1988). In that study we intend to observe the extent in which there are co-occurrence and competition among those three structures to the same syntactic function - whether direct object or as indirect object - in the three spoken samples analysed and what are the contexts in which that alternation is conducted.pt_BR
dc.format.extentxii, 133 f. : il., tabs., grafs.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectLingua portuguesa - Pronomespt_BR
dc.subjectLinguagem - Brasil - Regiao Sulpt_BR
dc.subjectDissertações - Letraspt_BR
dc.titleEstudo sociolingüístico dos pronomes-objeto de primeira e de segunda pessoas nas três capitais do Sul do Brasilpt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record