Show simple item record

dc.contributor.advisorCosta, Iara Bemquerer, 1948-pt_BR
dc.contributor.authorPanke, Luciana, 1972-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Letraspt_BR
dc.date.accessioned2020-02-03T17:01:18Z
dc.date.available2020-02-03T17:01:18Z
dc.date.issued1999pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/24449
dc.descriptionOrientador : Iara Bemquerer Costapt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Humanas, Letras e Artes. Curso de Pós-Graduação em Letras. Defesa : Curitiba, 01/09/1999pt_BR
dc.descriptionInclui referênciaspt_BR
dc.descriptionÁrea de concentração : Linguística de língua portuguesapt_BR
dc.description.abstractResumo : Este trabalho aplica a teoria da argumentação proposta por Chaim Perelman e Lucie Olbrechts-Tyteca nos discursos eleitorais de José Eduardo de Andrade Vieira, na campanha para o senado federal em 1990. Escolhemos este objeto de estudo para tentar averiguar como um empresário, na época presidente de um dos maiores bancos do país, conseguiu eleger-se senador como representante dos trabalhadores. Esta suposta contradição despertou o interesse acadêmico e questionamentos sobre qual o papel da linguagem nas mudanças políticas e sociais do país. A metodologia utilizada neste estudo foi a pesquisa de campo e os recursos bibliográficos. Tendo como referência principal o Tratado da Argumentação de Perelman e Olbrechts-Tyteca aplicamos essa teoria nos programas eleitorais de Vieira, veiculados pela televisão no Horário Eleitoral Gratuito do Tribunal Regional Eleitoral. Com esta pesquisa, pudemos constatar que a linguagem é um dos principais recursos na criação de imagens, resultando na mudança de comportamento de uma comunidade. A campanha de Vieira construiu uma imagem que omitia, diversas vezes, as reais características do candidato. Isto fez com que ele se aproximasse do público-alvo de forma a provocar uma identificação com o mesmo através de outros aspectos ressaltados. O mais impressionante foi que a argumentação de Vieira baseou-se, praticamente, apenas na ligação entre a pessoa e seus atos. Isto significa que não houve uma preocupação de mostrar, de forma objetiva, as propostas eleitorais e, sim de fazer com que a população confiasse em Vieira e se identificasse com ele. Os argumentos enfatizaram características pessoais que eram de interesse para a solidificação da imagem do candidato.pt_BR
dc.description.abstractAbstract : This paper applies the argumentation theory proposed by Chaim Perelman and Lucie Olbrechts- Tyteca to José Eduardo Vieira's speeches for the 1990 political campaign running for a federal senate seat. The purpose of this study was to learn how a businessman - at the time the president of one of the largest banks in Brazil - managed to be elected as a senator representing workmen. Contradictory at the first glance, such accomplishment encouraged an academic study rising questions about the role of languages in political and social changes in the country. The applied methodology was field researching and bibliographical resources. The main theoretical reference for this paper was Perelman / Olbrechts- Tyteca's Argumentation Study, which was applied on Vieira's video political campaign showed on state TV during free electoral advertising time ( Horário Eleitoral Gratuito do Tribunal Regional Eleitoral). The study allowed us to demonstrate how language was used as one of the main resources to create images used to change the behavior of a community. Vieira's political campaign built an image that neglected - quite often - the candidate's real characteristics. Such strategy made it possible for him to approach his target audience by generating identification to the public when outstanding different attributes. Most impressive was to realize that Vieira's argumentation was almost entirely based on the relations between the act and the person. That means there was no real intention to show the campaign propositions in a clear and objective way. In fact, the goal was to make the population believe in Vieira and to identify with him. The arguments emphasized personal characteristics that were important in order to set the candidate's image.pt_BR
dc.format.extent114 f. : il.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectLinguagempt_BR
dc.subjectComunicação de massa e culturapt_BR
dc.subjectImagem (Psicologia)pt_BR
dc.subjectRelações publicas e politicaspt_BR
dc.subjectTatica politicapt_BR
dc.subjectEleiçõespt_BR
dc.subjectVieira, Jose Eduardo de Andradept_BR
dc.subjectDissertações - Letraspt_BR
dc.titleO papel da linguagem na criação de uma imagem : um estudo de caso : José Eduardo Vieira, o banqueiro senador dos trabalhadorespt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record