Show simple item record

dc.contributor.advisorArns, Otília, 1923-pt_BR
dc.contributor.authorErthal, Cecilia Inêspt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Letraspt_BR
dc.date.accessioned2020-05-19T21:27:52Z
dc.date.available2020-05-19T21:27:52Z
dc.date.issued1977pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/24347
dc.descriptionOrientador: Otília Arnspt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná. Curso de Pós-Graduação em Letras. Defesa : Curitiba, 1977pt_BR
dc.descriptionInclui referênciaspt_BR
dc.description.abstractAbstract : This dissertation deals with the phenomenon of bilingualism and attitude toward the languages spoken by the Italianspeaking community at Antônio Rebouças - Campo Largo da Piedade, Parana. This study, based on field work done during a month at the above-mentioned colony - presents a linguistic contact between Portuguese and Italian and had as its primary intention to discover the reasons for the maintenance of the Italian language even a century after the immigrants' arrival and settlement. Three questionnaires were applied in different visits paid to each family belonging to the Italian group. The first questionnaire collected data about the sociocultural level of the inhabitants; the second about the use of both languages; and the third about the attitude toward both languages. After having been analysed in two social-dimensions - \ age & social status - the results are< presented in form of a sociolinguistic profile of the community in which it is shown that the degree of bilingualism detected at Antonio shown that the degree of bilingualism detected at Antônio Rebouças is proportional to social mobility in the colony.pt_BR
dc.description.abstractResumo : Esta dissertação trata do fenômeno do bilingüismo e de atitudes em relação às línguas faladas pelos membros da comunidade italiana da colônia Antônio Rebouças - Campo Largo da Piedade, Paraná. Este estudo, baseado em pesquisa de campo realizada durante um mês no local supra-mencionado, diz respeito ao contato lingüístico entre as línguas portuguesa e italiana, e tem como finalidade básica descobrir as razões pelas quais houve a conservação do hábito de falar a língua italiana mesmo um século após a chegada e o estabelecimento dos primeiros imigrantes no local. Três questionários foram aplicados em diferentes visitas a cada família pertencente ao grupo itáliano. 0 primeiro questionário colheu informações a respeito do nível socio-cultural deste grupo; o segundo a respeito do uso de ambas as línguas; o terceiro a respeito de atitudes em relaçao às línguas. Após terem sido analisados em relação a duas variantes sociais - faixa etária & estato social - os resultados são apresentados em forma de um perfil da estrutura sociolingüística da colônia que demonstra ser o grau de bilingüismo nela constatado, proporcional à mobilidade social verificada no local.pt_BR
dc.format.extentix, 94 p. : il., mapas, tabs.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectBilinguismopt_BR
dc.subjectDissertações - Letraspt_BR
dc.subjectCampo Largo (PR)pt_BR
dc.titleA sociolinguistic analysis of bilingualism at Antônio Rebouçaspt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record