Show simple item record

dc.contributor.authorSilva, Ebenezer Rodrigo Ramos de Lira ept_BR
dc.contributor.otherPonte, Haroldo de Araujopt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Tecnologia. Programa de Pós-Graduaçao em Engenharia Mecânicapt_BR
dc.date.accessioned2010-07-28T13:20:33Z
dc.date.available2010-07-28T13:20:33Z
dc.date.issued2010-07-28
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/24152
dc.description.abstractResumo: A corrosão por dióxido de carbono (CO2) em aços carbono ocorre tanto na exploração de petróleo e gás, quanto nos processos petroquímicos, que processam gases ricos em CO2. Os aços carbono e de baixa liga são os mais utilizados na confecção de equipamentos e tubulações, principalmente por satisfazerem os requisitos mecânicos, estruturais e de fabricação, além de serem mais viáveis financeiramente. Entretanto, o processo de corrosão por CO2 é do tipo dissolução-precipitação sendo, portanto dependente das condições de fluxo e do teor de particulados nos fluidos. Este trabalho tem como principal objetivo a avaliação da corrosão e da erosão-corrosão induzidos por CO2 em função do fluxo do fluido na superfície metálica na presença de partículas inertes. Foram utilizadas técnicas de impedância eletroquímica e oltametria em um eletrodo de cilindro rotatório imerso em uma solução de NaHCO3 0,5M saturada com CO2 variando-se o tempo de exposição do substrato e a rotação com e sem a adição de alumina. Este modelo tem como objetivo reproduzir as condições de escoamento de um fluido em tubulações e analisar seu comportamento ao longo do tempo auxiliando a indústria na prevenção e detecção de falhas ausadas por influência da erosão-corrosão em meios ricos em CO2 com a presença ou não de componentes sólidos abrasivos. A partir dos resultados obtidos, foi obtida a taxa de corrosão por erosão sendo verificada uma correlação entre a condição de rotação do cilindro e o fluxo de eletrólito. Desta forma, viabiliza-se a previsão da taxa de corrosão em tubulações, sujeitas a meio com CO2 e particulados, para distintas condições de vazão. Comparando-se o regime estático com o dinâmico, verificou-se que a formação do carbonato de ferro na superfície metálica e a sua passivação são dificultadas com a presença de fluxo. Analisando o efeito da erosão no sistema, foi possível observar o efeito adicional da erosão sobre o processo corrosivo nos resultados das analises eletroquímicas, principalmente no que diz respeito à densidade de carga nvolvida na passivação da superfície metálicapt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.titleAnálise da corrosão e da erosão-corrosão do aço carbono em meio com NaHCO3 e CO2pt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record