Show simple item record

dc.contributor.authorFabbrin, Eliseu Geraldo dos Santospt_BR
dc.contributor.otherMonteiro, Lino Bittencourtpt_BR
dc.contributor.otherMay de Mio, Louise Larissa, 1967-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciencias Agrárias. Programa de Pós-Graduaçao em Agronomiapt_BR
dc.date.accessioned2010-07-27T13:08:01Z
dc.date.available2010-07-27T13:08:01Z
dc.date.issued2010-07-27
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/24144
dc.description.abstractResumo: A maioria dos tratamentos químicos utiliza água comosolvente, normalmente coletadas em reservatórios conectados aos rios, açudes ou lençol freático. As variáveis de natureza fisico-químicas podem comprometer a estabilidade da molécula. Do ingrediente ativo. O objetivo deste trabalho foi avaliar o uso de fertilizantes foliarescom características de redutores de pH com fungicidas visando ao controle da Mancha das Folhas de Glomerella em Macieira (MFG) (Colletotrichum sp.). O estudo foi conduzido na safra 2006/2007 em pomar comercial na região de Fraiburgo, SC, Brasil. Selecionaram-se dez plantas por tratamento, e em cada uma foram marcados seis ramos que receberam os tratamentos: fungicida sem fertilizante foliar (FSFF); fungicida com fertilizante foliar Goldd®(FFFG); fungicida com fertilizante foliar Lógico®(FFFL); fungicida com fertilizante foliar Lógico® e 30% de redução do número de aplicações em relação ao FFFL (FFFL30%); fungicida sem fertilizante foliar e com cálcio (FSFFA) amplamente utilizado na região de Fraiburgo SC. Avaliaram-se as folhas, e os dados pelo método da integralização trapezoidal (AACPD) e submetidos à comparação de médias pelo teste de Tukey (p<0,05). Nas caldas com os fertilizantes foliares FFFG e FFFL o pH manteve-se na média 5,1, 5,3 e 5,4, nos tratamentos FSFF e FSFFA o pH estabeleceu-se em média 6,4. Os valores da AACPD da incidência nos tratamentos FSFF, FFFG e FFFL foram 41, 53 e 54%, respectivamente menores em relação ao FSFFA. Entretanto, o tratamento FFFL30% teve 21% mais incidência quando comparado com o FSFFA. Observou-se que a severidade nas folhas das acieiras no FSFFA foi 7,4 vezes maior do que a verificada nos tratamentos FFFG e FFFL. A incidência de MFG nos frutos não foi diferente entre os tratamentos na primeira avaliação (46 DAPA). FFFL foi o tratamento que apresentou a menor ocorrência da doença nas maçãs. Na segunda avaliação (89 DAPA) a porcentagem de frutos com incidência no FFFL30% foi 110,7% maior do que no FSFF.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.titleFertilizantes foliares como redutores de ph em mistura com fungicidas e inseticidas, sobre os bioindicadores Colletotrichum Spp. e Grapholita Molesta (busk 1916)(Lepdóptera: Tortricidae) em macieirapt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record