Show simple item record

dc.contributor.authorCziulik, Marciapt_BR
dc.contributor.otherMonteiro Filho, Emygdio Leite de Araujo, 1957-pt_BR
dc.contributor.otherGraf, Vinaltopt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciencias Biológicas. Programa de Pós-Graduaçao em Zoologiapt_BR
dc.date.accessioned2010-07-21T14:20:48Z
dc.date.available2010-07-21T14:20:48Z
dc.date.issued2010-07-21
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/24121
dc.description.abstractResumo: Tucanos e araçaris fazem parte do plano de coleção de muitos zoológicos e criadouros, mas sua reprodução nesses locais é ainda inconstante. A maioria das aves, hoje em cativeiro, é proveniente da natureza. O crescente interesse na manutenção dessas espécies pode contribuir para a retirada de exemplares do ambiente natural e num futuro próximo comprometer seu status de conservação. Como ontribuição para evitar esse panorama, o presente estudo teve como objetivo conhecer a biologia reprodutiva dos ranfastídeos em cativeiro e em ambiente natural. Para o levantamento de dados foram instalados equipamentos de monitoramento como micro câmeras dentro de ninhos que permitiram o acompanhamento 24 horas/dia durante a temporada reprodutiva. O cuidado parental de Pteroglossus castanotis e elenidera maculirostris foi acompanhado em cativeiro e o de Ramphastos toco em cativeiro e também na natureza. As imagens permitiram descrever e quantificar os comportamentos executados pelos machos e pelas fêmeas definindo a participação de cada um no cuidado parental. Os resultados obtidos mostram que em cativeiro os casais das três espécies estudadas se revezam tanto na incubação quanto no cuidado com os filhotes. Ainda assim, os filhotes de Ramphastos toco não sobrevivem mais do que uma semana ao contrário do que ocorre em ambiente natural. Os dados obtidos com as observações na natureza foram aplicados em cativeiro e demonstram que há problemas no manejo atualmente adotado para essa espécie. O uso de equipamentos permitiu com menor interferência o monitoramento contínuo dos comportamentos das aves, da postura de ovos e do desenvolvimento de filhotes. O monitoramento nos dois ambientes foi importante para aumentar o conhecimento sobre a biologia reprodutiva da espécie e propor mudanças para o manejo dessas aves em cativeiro. Os comportamentos observados e os descritos na literatura foram utilizados para verificar o quanto os comportamentos refletem as relações filogenéticas propostas por dados moleculares para os gêneros da família. As informações desse estudo estão sendo disponibilizadas atravé de uma proposta de protocolo de manejo que poderá ser utilizada por zoológicos e criadouros nteressados na manutenção dessas aves em suas coleções.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.titleCuidado parental de Selenidera Maculirostris, Pteroglossus Castanotis E. Ramphastos Toco (Piciformes - Ramphastidae), no interior de ninhospt_BR
dc.typeTesept_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record