Show simple item record

dc.contributor.authorDias, Julie Cristini
dc.contributor.otherBalbinot, Zandra
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Sociais Aplicadas. Programa de Pós-Graduação em Administração
dc.date.accessioned2015-11-16T18:10:34Z
dc.date.available2015-11-16T18:10:34Z
dc.date.issued2010
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/24036
dc.descriptionOrientadora : Profa. Dra. Zandra Balbinot
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Sociais Aplicadas, Programa de Pós-Graduação em Administração. Defesa: Curitiba, 30/03/2010
dc.descriptionBibliografia: fls. 166-175
dc.descriptionÁrea de concentração: Estratégia e organizações
dc.description.abstractResumo: Este censo entre os Núcleos de Inovação Tecnológica (NITs) brasileiros complementa as competências mínimas dispostas a estes Núcleos na Lei de Inovação nº 10.973/2004. Sua consecução objetivou mapear as competências organizacionais diferenciadoras dos NITs brasileiros, por meio da percepção de seus dirigentes. Dentre suas contribuições teóricas, está seu teor inédito à literatura de Ciência, Tecnologia e Inovação (C, T e I), mais especificamente à sustentação e ao estímulo da inovação tecnológica, porque seus resultados podem embasar decisões governamentais de apoio ao trabalho dos NITs e indicar fatores internos/externos que representem intensificação da atividade decooperação tecnológica entre Instituições Científicas e Tecnológicas (ICTs) e ICTs/Empresas prementes no Brasil. Relevante contribuição metodológica está relacionada à operacionalização dessa pesquisa qualitativa-quantitativa quanto ao procedimento de mensuração quantitativa da competência organizacional diferenciadora e seus fatores constituintes. Esse trabalho contempla, inicialmente, a revisão bibliográfica que compreende: 1) os NITs, sua origem, definição e atividades; 2) as competências organizacionais diferenciadoras, sua origem, introdução no ambiente de negócios e sua composição. O desenvolvimento da pesquisa empírica ocorreu em duas fases, sendo a primeira delas de natureza qualitativa a partir do estabelecimento de critérios não-probabilísticos utilizados para selecionar casos para realização da entrevista semiestruturada. A segunda fase corresponde à pesquisa de natureza quantitativa que teve como técnica de coleta de dados o survey operacionalizado, por meio de questionário enviado aos componentes do Fórum Nacional de Gestores da Inovação e Transferência de Tecnologia (FORTEC) e da Rede Mineira de Propriedade Intelectual (RMPI). Seus resultados indicam como competências organizacionais diferenciadoras: 1) propriedade intelectual; 2) patenteamento nacional; 3) consultorias prestadas por professores ou pesquisadores ndividualmente; 4) identificação da(s) área(s) de excelência em pesquisa na ICT por meio do número de patentes, publicações, grupos de pesquisa, linhas de pesquisa, entre outros. Desta forma, pressupõe-se que os NITs brasileiros evoluíram com relação às competências mínimas previstas na Lei de Inovação nº 10.973/2004. Observando a composição dessas competências, os fatores internos/externos foram predominantes, confirmando a dinâmica da Triple Helix para contextos tecnológicos de países em desenvolvimento. Também foi confirmada a influência de fatores financeiros, humanos, de apoio à pesquisa e cooperação tecnológica sobre tais competências rganizacionais. Por fim, cabe destacar que as principais contribuições de ordem prática envolvem a orientação aos dirigentes dos NITs – em especial, àqueles de recente implantação – na realização das atividades desses Núcleos e a aproximação entre os componentes da Triple Helix – governo, academia e empresas – em função de alguns interesses em comum. bservou-se ainda, que este trabalho pode auxiliar ao FORTEC e RMPI no esforço empreendido de "autoajuda".
dc.description.abstractAbstract: This census among Brazilian Technological Innovation Centers, at first, complements the minimum competences of these Centers disposed in the Innovation Law nº 10.973/2004. So, this paper had as objective to map out the distinct organizational competences of Brazilian Technological Innovation Centers through their leader’s perception. Among its theorical contributions, lies its unique purport of Science Literature, Technology and Innovation (S, T & I) specifically for supporting and stimulating technological innovation where its results can underlie government decisions of suporting for the Centers’ work, and to indicate internal/external factors that represent intensification of technological cooperation activity among the Scientific and Technological Institutuions (STI) and STI/firms pressing in Brazil. Relevant ethodological contribution is related to operationalization of qualitative-quantitative research when it comes to measurement quantitative procedure of distinct organizational competence and its constituent factors. This paper contemplates initially, the literature review that includes: 1) the Centers, their origin, definition and activities; 2) distinct organizational competence, its origin, introdution into the business environment and composition. The development of empirical research was conducted in two phases, being the first of them of qualitative nature, starting from the establishment of non-probabilistic criterias used to select cases for accomplisment of the semistructured interview. The second phase corresponds quantitative nature that had as technique of data collection, the survey operationalized through questionnaire sent to the components of Technology Transfer and Innovation Managers Nacional Forum (TTIMNF) and of Intellectual Property Mineira Net (IPMN). Its results indicates respectively as distinct organizational competences: 1) intellectual property; 2) national patent; 3) consulting services provided by professors and researchers individually; 4) identification of areas of excellence research at STI through the numbers of patents, publications, research groups and areas, among others. Thus, it is pressuposed that the brazilians Centers have evolved when it comes to minimum competences provided in the Innovation Law nº 10.973/2004. Observing the omposition of these competences, external/internal factors were demonstrated predominant, confirming the Triple Helix dynamic for developing countries technological contexts. It is also confirmed the financial, human influence, of supporting to the research and technological cooperation on such organizational competences. Finally, it fits to highlight that the main contributions of practical order comprehend the orientation o the Centers’ managers – especially those of recent implantation – in accomplishment of those Centers activities and the approximation among the Triple Helix components – government, academia and companies – in function of some common interests. Observing yet that, this paper can help the TTIMNF and IPMN in the undertaken effort of "self-help".
dc.format.extent209f. : il., grafs., tabs.
dc.format.mimetypeapplication/pdf
dc.languagePortuguês
dc.relationDisponível em formato digital
dc.subjectTeses
dc.subjectDesenvolvimento organizacional
dc.subjectInovações tecnológicas
dc.subjectAdministração
dc.subject.ddc658.4
dc.titleCompetências organizacionais diferenciadoras em núcleos de inovação tecnológica
dc.typeDissertação


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record