Show simple item record

dc.contributor.authorBranco, José Carlospt_BR
dc.contributor.otherAngulo, Rodolfo José, 1950-pt_BR
dc.contributor.otherSouza, Maria Cristina dept_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciencias da Terra. Programa de Pós-Graduaçao em Geologiapt_BR
dc.date.accessioned2010-06-18T13:11:40Z
dc.date.available2010-06-18T13:11:40Z
dc.date.issued2010-06-18
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/24025
dc.description.abstractResumo: Este trabalho descreve as fácies e propõe um modelo de evolução para o setor da barreira pleistocênica paranaense, localizada nas proximidades da cidade de Paranaguá. Na área do estudo existem cavas de extração de areia na barreira pleistocênica nas proximidades da cidade de Paranaguá, que possibilitaram a observação direta de afloramentos. Ali a barreira pleistocênica é constituída por argila, silte, areia fina a média, pobremente selecionada, com grãos subarredondados, grânulos e até pequenos seixos. As principais fácies identificadas nos afloramentos da barreira pleistocênica foram: areias com stratificação cruzada swaley (Ssw), areias com estratificação cruzada planar (Sp), areias com estratificação cruzada acanalada (St), areias com estratificação cruzada sigmóide (Ssg), areias com estratificação cruzada de baixo ângulo (Sli), areia com marcas onduladas (Sr), areia maciça (Sm), areia com acamamento flaser (Sf), lama com acamamento linsen (Fl) e lama maciça (Fm), lama em drapes (Fd) e lama bioturbada (Fb). Tubos, moldes de conchas e fragmentos de madeira e detritos vegetais também foram identificados em algumas fácies. A fácies (Ssw) é composta por areia fina a grossa, pobremente selecionada e com grãos subarredondados. Moldes de conchas de bivalves e marcas onduladas simétricas também foram identificados. As fácies (Sp) e (Ssg) são compostas por areia fina a média com seixos pequenos a médios e lama maciça em drapes. As fácies (St) e (Sf) são compostas por areia fina a média. Sob as fácies arenosas da barreira ocorrem fácies (Fl), (Fm) e (Fb). A fácies (Fm) em alguns locais se apresenta muito bioturbada e com troncos, fragmentos de troncos e raízes transportadas. As associações de fácies shoreface inferior (Sf, Fm, Fl, Fb, Sr); shoreface médio (Sli, Sp, Sr); shoreface superior (Sp, Sli, St, Ssg, Ssw) e Foreshore (Sli, St) e as direções de paleocorrentes com vetores de direção preferencial para NE, permitiram interpretar que um setor da barreira estudado, estaria associado à progradação lateral de um esporão. A direção de crescimento do esporão seria para noroeste, e estaria localizado nas proximidades de um inlet.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.titleAssociações de fácies de um setor da barreira pleistocêncica em Paranaguá-PR, Sul do Brasilpt_BR
dc.typeTesept_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record