Show simple item record

dc.contributor.authorAllemand, Alexandrapt_BR
dc.contributor.otherOtuki, Michel Fleithpt_BR
dc.contributor.otherWerner, Maria Fernanda de Paulapt_BR
dc.contributor.otherAndre, Eunicept_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciencias Biológicas. Programa de Pós-Graduaçao em Farmacologiapt_BR
dc.date.accessioned2010-06-16T11:17:25Z
dc.date.available2010-06-16T11:17:25Z
dc.date.issued2010-06-16
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/23975
dc.description.abstractResumo: Salvia officinalis L. (Lamiaceae), popularmente conhecida como sálvia, é usada na medicina tradicional para o tratamento de distúrbios gastrointestinais. Este estudo avaliou o efeito cicatrizante do extrato hidroalcoólico de Salvia officinalis (EHS) em úlceras crônicas induzidas por ácido acético em ratos fêmeas. O efeito do EHS na cicatrização foi analisado macroscopicamente e microscopicamente. O processo inflamatório foi avaliado pela atividade das enzimas mieloperoxidase (MPO) e N-acetilglucosaminidase (NAG) e pela determinação “in vivo” da migração leucocitária através do modelo de bolha de ar (“air pouch”) induzido pela carragenina. Além disso, a atividade de enzimas antioxidantes (superóxido dismutase – SOD, catalase – CAT, glutationa-Stransferase - GST), a quantidade de grupos sulfidrílicos não protéicos - GSH (glutationa reduzida), níveis de hidroperóxidos lipídicos (LOOH) e determinação de radicais livres (RL) também foram avaliados nas úlceras gástricas induzidas por ácido acético. O tratamento com EHS nas doses e 0,003; 0,03; 0,3 e 3,0 mg/Kg duas vezes ao dia por sete dias cicatrizou a úlceras gástrica induzida por ácido acético em 18,2%, 30,0%, 49,0% e 65,0% respectivamente. No ensaio da MPO e NAG, o tratamento com EHS (3,0 mg/Kg) preveniu totalmente o aumento da atividade das enzimas promovido pelo ácido acético 80%. O total de leucócitos recrutados no “air pouch” foi diminuído em 71,0% pelo tratamento com EHS, o qual reduziu significativamente a infiltração de neutrófilos e monócitos em 78,1% e 56,5%. Nos ensaios antioxidantes, EHS preveniu o aumento de SOD, GST e níveis de LOOH, mas não foi capaz de reverter totalmente os níveis de CAT e GSH nos estômagos ulcerados pelo ácido acético. No ensaio de fluorescência o EHS reverteu completamente o aumento de RL provocados pelo ácido acético. Estes resultados indicam que o EHS possui potente efeito cicatrizante em úlceras gástricas induzidas por ácido acético 80%, principalmente pela inibição do processo inflamatório e em parte pela sua atividade ntioxidante.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.titleEfeito cicatrizante do extrato hidroalcoólico de Salvia Officinalis L. em úlceras gástricas induzidas por ácido acético em ratospt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record