Mostrar registro simples

dc.contributor.authorMontezeli, Juliana Helenapt_BR
dc.contributor.otherPeres, Aida Marispt_BR
dc.contributor.otherBernardino, Elizabethpt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Enfermagempt_BR
dc.date.accessioned2012-03-01T12:24:19Z
dc.date.available2012-03-01T12:24:19Z
dc.date.issued2012-03-01
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/22034
dc.description.abstractResumo: As características de uma profissão são determinadas pelo seu processo de trabalho o qual, na Enfermagem, advém da realização articulada dos subprocessos assistir, gerenciar, pesquisar, ensinar e participar politicamente. Assim, cuidado e gerenciamento são complementares na prática do enfermeiro, não sendo viável dicotomizá-los. Contudo, no mundo do trabalho existem imprecisões de compreensão acerca de sua prática gerencial, divergindo, muitas vezes, das bases educacionais deste profissional. No contexto de um pronto-socorro, porém, não há espaço para um gerenciamento confuso, pois a dinâmica deste serviço requer conhecimentos, habilidades e atitudes que se mobilizem agilmente no cotidiano. Diante da vivência da autora no ambiente emergencial e de docência proporcionou evidenciar empiricamente as divergências entre o mundo do trabalho e a formação do enfermeiro no concernente ao gerenciamento, o que culminou neste estudo cujo objetivo geral foi: analisar o trabalho gerencial desenvolvido pelos enfermeiros de um pronto-socorro. Trata-se de uma investigação qualitativa descritiva-exploratória com coleta de dados realizada de fevereiro a abril de 2009 que conjugou a observação sistemática não-participante a entrevistas semi-estrututradas com amostra de oito enfermeiros de um pronto-socorro em um hospital-escola de Curitiba-PR. As informações coletadas foram submetidas à análise de conteúdo, da qual emergiram quatro categorias. A categoria Modalidades de atividade gerencial dos enfermeiros do pronto-socorro é subdividida em duas subcategorias: Gerência voltada para atender às demandas institucionais, que salienta a ênfase às atividades burocráticas exigidas do enfermeiro por parte do hospital; e a subcategoria Gerência voltada para atender às demandas do cuidado de enfermagem, que prioriza o cuidado como foco da atividade gerencial. Na segunda categoria, Contradições entre os aspectos gerenciais estabelecidos na formação do enfermeiro e as demandas do mundo do trabalho, os sujeitos fazem um contraponto entre a compreensão de competência gerencial das instituições de ensino superior com a do hospital em que atuam. A categoria Competências gerenciais requeridas do enfermeiro no prontosocorro aborda a liderança, a tomada de decisão, a comunicação, o trabalho em equipe e a administração do tempo em suas respectivas especificidades no ambiente emergencial. Na última categoria, Fatores facilitadores e dificultadores para o gerenciamento no pronto-socorro, os pesquisados elencaram como facilitadores: educação permanente, autonomia e bom relacionamento interpessoal entre as equipes de enfermagem e multiprofissional. Os dificultadores pontuados foram: falta de incentivo à educação permanente, desconhecimento da realidade do setor pela gerência de enfermagem, fluxo ineficaz de pacientes internados, inadequação de recursos físicos e humanos. O estudo atingiu seu objetivo e coadunou os achados da literatura de que a cisão entre cuidado e gerenciamento não encontra eco na atuação do enfermeiro em um pronto-socorro. Também permitiu reforçar a necessidade de aproximação ao Pensamento Complexo, uma 10 vez que os subprocessos compositores do processo de trabalho do enfermeiro devem hologramar-se e não serem vistos como estanques. Ainda nesta vertente, gerou a percepção da necessidade de dialogicidade entre as competências gerenciais no pronto-socorro, distanciando-se de uma prática gerencial fragmentada. Por fim, destaca-se que a discussão fomentada pela pesquisa possibilitou a construção de subsídios de reflexão à prática gerencial de enfermeiros emergenciais.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.subjectEnfermagem em emergênciapt_BR
dc.subjectPesquisa em administração de enfermagempt_BR
dc.subjectCompetência profissionalpt_BR
dc.subjectGerenciamento da prática profissionalpt_BR
dc.titleO trabalho do enfermeiro no pronto-socorropt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Arquivos deste item

Thumbnail

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro simples