Show simple item record

dc.contributor.authorFavero, Lucianept_BR
dc.contributor.otherLacerda, Maria Ribeiro, 1956-pt_BR
dc.contributor.otherMazza, Verônica de Azevedo, 1962-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Enfermagempt_BR
dc.date.accessioned2017-06-19T13:16:21Z
dc.date.available2017-06-19T13:16:21Z
dc.date.issued2009pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/22028
dc.descriptionOrientadora: Maria Ribeiro Lacerdapt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem. Defesa: Curitiba, 20/11/2009pt_BR
dc.descriptionInclui bibliografiapt_BR
dc.descriptionÁrea de concentração: Prática profissional em enfermagempt_BR
dc.description.abstractResumo: Pesquisa qualitativa do tipo estudo de caso, com objetivo de descrever a vivência da enfermeira domiciliar em cuidado transpessoal a familiares de neonato egresso de unidade de terapia intensiva. Realizada no período de 2008 a 2009. Os sujeitos foram sete famílias de neonato egresso de unidade de terapia intensiva, selecionados durante o período de hospitalização da criança. A coleta de evidências deu-se por meio de documentos e de registros em arquivo, os quais foram compostos pelos diários de campo e notas metodológicas desenvolvidos durante os encontros hospitalares e domiciliares. Utilizou-se para isso o Processo de Cuidar proposto por Lacerda (1996) nas suas quatro fases: contato inicial, aproximação, encontro transpessoal e separação, o qual operacionalizou a aplicação da Teoria do Cuidado Transpessoal de Jean Watson e os elementos do processo clinical caritas. Para a análise das evidências, selecionou-se como estratégia analítica geral proposições teóricas e como estratégias analíticas específicas a adequação ao padrão e síntese dos casos cruzados. Foram realizadas vinte e uma visitas à unidade de terapia intensiva neonatal e trinta e nove encontros domiciliares, totalizando aproximadamente noventa horas de cuidado. A partir do processo vivenciado, evidenciaram-se as práticas de cuidados do cuidador familiar e suas demandas e necessidades de cuidado; a importância da equipe de Enfermagem no processo de hospitalização, alta e cuidados domiciliares; a relação da equipe de saúde neste contexto; fragilidades e potencialidades do sistema de saúde. Pode-se constatar também, que a aproximação com os sujeitos durante o período de hospitalização favoreceu os encontros domiciliares, além de propiciar aprofundar a relação de cuidar e o alcance do encontro transpessoal. Dessa forma, o processo vivenciado na aplicação dos elementos do processo clinical caritas e do processo de cuidar de Lacerda (1996), aponta para a necessidade de envolvimento e desejo mútuo entre os seres da relação de cuidar, para que o encontro e o cuidado transpessoal possam acontecer e a reconstituição seja alcançada; destaca a necessidade de uma profunda reflexão acerca dos aspectos relacionados à formação e a prática da Enfermagem, capaz de despertar nos profissionais o cuidar que transcende o corpo físico e envolve o ser cuidado na relação de cuidar, além de instrumentalizar o futuro profissional para as particularidades do cuidado domiciliar. Esse caminhar possibilitou compreender que as ações objetivas do cuidar precisam estar aliadas ao cuidado humano, expressivo, de forma que a enfermeira assuma diferente postura ante o cuidador familiar. Foi possível perceber, também, a inevitabilidade de transformações das instituições prestadoras de serviços de saúde para que sejam oferecidas condições ao desenvolvimento do cuidado transpessoal de Enfermagem, além de investimentos em pesquisas capazes de aliar o cuidado domiciliar ao cuidado transpessoal na Enfermagem e demais profissões da área de saúde.pt_BR
dc.format.extent122f. : il. [algumas color.].pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.subjectAssistência domiciliarpt_BR
dc.subjectTeoria de enfermagempt_BR
dc.subjectCuidados de enfermagempt_BR
dc.subjectFamíliapt_BR
dc.subjectRecém-nascidopt_BR
dc.subjectDissertaçõespt_BR
dc.subjectEnfermagempt_BR
dc.titleA vivência da enfermeira domiciliar no cuidado transpessoal a familiares de neonato egresso de unidade de terapia intensivapt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record