Show simple item record

dc.contributor.advisorPellico Netto, Sylvio, 1941-pt_BR
dc.contributor.authorKoehler, Alexandre Bernardipt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciencias Agrárias. Programa de Pós-Graduaçao em Engenharia Florestalpt_BR
dc.contributor.otherCoraiola, Márciopt_BR
dc.date.accessioned2013-05-29T18:23:03Z
dc.date.available2013-05-29T18:23:03Z
dc.date.issued2013-05-29
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/21811
dc.description.abstractO presente estudo foi desenvolvido com o objetivo de contribuir ao entendimento da dinâmica de crescimento da Araucaria angustifolia em diferentes sistemas de cultivo, com enfoque na fase juvenil. A amostragem foi realizada em diferentes situações de plantio, em povoamentos com idades variando entre seis e sete anos, nos quais foram demarcadas 83 amostras temporárias de 20 x 20 m, onde todas as árvores foram medidas. Alem disto, 32 arvores foram cortadas e seccionadas em discos transversais para posterior execução da analise de tronco completa – ANATRO. Por fim, medidas morfométricas foram tomadas e analisadas. A consecução destas metodologias foi concebida para observar e descrever os diferentes padrões de crescimento da especie. Os resultados indicam que na área predominam os sítios limitados, em sua maioria em talhões anteriormente cultivados com pinus, tabaco ou pastagens. Os melhores sítios se concentram em áreas de lavoura recém abandonadas. Em função do desenho experimental não foi possível fazer a análise do peso de cada fator (localização x uso anterior do solo x modalidade de plantio) em separado. Da analise do crescimento individual extraiu-se que existem rela coes morfométricas correlacionadas com o ritmo de crescimento das arvores, servindo constituindo bons indicadores da qualidade do sitio. Detectou-se também que a correlação entre as variáveis de solo e o crescimento e mais acentuada para alguns elementos, em especial N e Al. Aspectos físicos do solo também influem no ritmo de crescimento, sobretudo a profundidade do solo. Como conclusões finais tem-se que diferentes incrementos ocorrem em função da qualidade do terreno e as diferentes metodologias aplicadas para a avaliação do crescimento podem ser utilizadas como ferramentas para a classificação de sítios.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.subjectPinheiro-do-parana - Crescimentopt_BR
dc.subjectPinheiro-do-parana - Plantiopt_BR
dc.titleModelagem biométrica e morfometria em povoamentos jovens de Araucaria angustifolia (Bert.) Ktze., em Tijucas do Sul, estado do Paranápt_BR
dc.typeTesept_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record