Show simple item record

dc.contributor.advisorKuenzer, Acácia Zeneidapt_BR
dc.contributor.authorGarcia, Sandra Regina de Oliveirapt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educaçãopt_BR
dc.date.accessioned2022-08-03T17:28:25Z
dc.date.available2022-08-03T17:28:25Z
dc.date.issued2009pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/18526
dc.descriptionOrientadora : Acacia Zeneida Kuenzerpt_BR
dc.descriptionTese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação. Defesa: Curitiba, 27/02/2009pt_BR
dc.descriptionInclui bibliografia e anexospt_BR
dc.description.abstractResumo : Neste trabalho investiga-se a possibilidade da implantação da Educação Profissional integrada ao Ensino Médio na Rede Pública Estadual na perspectiva dos trabalhadores.O governo do Estado do Paraná, através da Secretaria de Estado da Educação, gestão 2003/2006/2010, ao assumir o governo definiu retomar a Educação Profissional na Rede Pública de Ensino. Isto significou negar o modelo que estava implantado na Rede, orientado pelo Decreto nº2.208/97, que reduziu a oferta desta modalidade de ensino nos Colégios do Paraná, assim como sua total desvinculação do Ensino Médio.A separação da Educação Profissional da Educação Básica foi um retrocesso constatado pela grande maioria dos professores, assim como, que a política implantada nos anos finais da década de 90 não atendia às necessidades de formação, tanto dos trabalhadores, como as do mundo do trabalho. A partir do entendimento de que a LDBEN nº 9.394/96 não proibia a integração, a SEED tomou a decisão de integrar num mesmo currículo a formação geral e específica, mas não com a proposta de sua universalização para todo o ensino médio da rede pública estadual. O Decreto nº 5.154/04 veio respaldar a decisão já tomada pelo governo do Paraná.Neste contexto, investigou-se, se a Educação Profissional integrada ao Ensino Médio, na Rede Pública Estadual do Paraná, pode ser uma possibilidade de concretização de uma escola para os que vivem do trabalho, superando o reducionismo da prática e fortalecendo, pela categoria contradição, o acesso rigoroso aos conhecimentos socialmente produzidos, onde o trabalho, a ciência a cultura e a tecnologia, de forma integrada, norteiem a construção curricular e metodológica. O objetivo foi de explicitar que elementos obstaculizam a concretização da integração e quais elementos possibilitam o avanço na perspectiva da educação politécnica. A hipótese inicial foi de que não basta a decisão política, sendo necessário também garantir as condições materiais e humanas para a sua concretização. Foram analisados os principais documentos da Secretaria de Estado da Educação do Paraná e do Ministério da Educação que nortearam a implantação da integração e realizadas entrevistas com diretores, professores e alunos de cinco Colégios Estaduais que ofertam cursos integrados. Constatou-se como positividade, ser possível a concretização de uma escola para os que vivem do trabalho, desde que ela tenha identidade própria, portanto não sendo apenas uma cópia das escolas que tem como principal foco a parcela da sociedade que não vive do trabalho. Para que isto ocorra, os desafios constatados referem-se a necessidade do trabalho coletivo, dos professores serem permanentes nas escolas,portanto concursados, formação continuada no chão de cada escola e o financiamento público perene.As escolas do Paraná estão num processo de construção e, se as condições humanas e de infra-estrutura continuarem sendo priorizadas podem sim se consolidar como uma educação emancipadora.O principal é que o aluno se vê como um sujeito social, e se sente portanto muito valorizado.pt_BR
dc.description.abstractAbstract : In this work investigates it possibility of the implantation of the integrated Professional Education, to Average Ensino, in the State Public Net in the perspective of the workers. The Government of the State of the Paraná, through the State secretary of the Education, management 2003/2006/2010, defined to retake the Professional Education in the Public Net of Education. This meant to deny the model that was implanted in the Net, guided for the Decree n.º 2,208/97, that it reduced offers of this modality of education in the Colleges of the Paraná, as well as its total desvinculação of Average Ensino. The separation of the Professional Education of the Basic Education was a retrocession evidenced for the great majority of the professors, a time that the implanted politics, in the final years of the decade of 90, did not take care of the necessities of formation of the workers, neither the related ones to the world of the work. From the agreement of that the LDBEN nº 9,394/96 did not forbid the integration, the SEED took the decision of, in one same resume, to integrate the general formation and the specific one, however, without the proposal of universalização for all the average education of the state public net. The Decret nº 5,154/04 came to endorse the decision already taken by the government of the Paraná. In this context, it was investigated, if the Professional Education integrated to Average Ensino, in the State Net Public of the Paraná, can be a possibility of concretion of a school for that they live of the work, surpassing the reducionismo of the practical one and fortifying, for the category contradiction, the rigorous access to the knowledge socially produced, where the work, science the culture and the technology, of integrated form, guide the curricular and metodológica construction. The objective was of explicitar that elements hinder the concretion of the integration and which elements make possible the advance in the perspective of the polytechnical education. The initial hypothesis was of that politics is not enough to the decision, being necessary also to guarantee the material conditions and human beings for its concretion. The main documents of the State secretary of the Education of the Paraná and the Ministry of the Education that had guided the implantation of the integration and carried through interviews with directors, professors and pupils of five State Colleges had been analyzed that offer integrated courses. It was evidenced as positividade, possible being the concretion of a school for that they live of the work, since that it has proper identity. Therefore, if it does not have only one copy of the schools that have as main focus the parcel of the society that does not live of the work. So that this occurs, it is observed that the challenges mention the necessity to it of the collective work and to be, the professors, permanent in the schools, concursados, with the formation continued in the soil of each one of them and with perennial public financing. The schools of the Paraná are in a construction process and, if the conditions human beings and of infrastructure will continue being prioritized can yes if consolidate as a emancipadora education. The main one is that the pupil feels itself valued and integrant of the way as a social citizen.pt_BR
dc.format.extent147 f.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.subjectEducacao profissionalpt_BR
dc.subjectEnsino médio - Paranápt_BR
dc.subjectEducaçãopt_BR
dc.titleA educação profissional integrada ao Ensino Médio no Paraná : avanços e desafiospt_BR
dc.typeTesept_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record