Show simple item record

dc.contributor.authorMarangon, Davipt_BR
dc.contributor.otherBufrem, Leilah Santiago, 1942-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educaçãopt_BR
dc.date.accessioned2020-07-30T12:30:54Z
dc.date.available2020-07-30T12:30:54Z
dc.date.issued2009pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/18522
dc.descriptionOrientadora : Leilah S. Bufrempt_BR
dc.descriptionInclui apêndicept_BR
dc.descriptionTeses (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação. Defesa: Curitiba, 26/02/2009pt_BR
dc.descriptionInclui bibliografiapt_BR
dc.description.abstractResumo : Estudo de caso sobre o processo de constituição da mobilização para o saber no discurso pedagógico substancializado no Livro Didático Público de Educação Física destinado aos alunos do Ensino Médio do Estado do Paraná. Objetiva compreender o funcionamento das lógicas intrínsecas aos processos de mobilização para o saber da Educação Física, enfocando a constituição das identidades pedagógicas monológicas e/ou dialógicas, como resultado do sentido que se dá à mobilização para a realização das atividades pedagógicas. Constrói o quadro teórico na interlocução estabelecida entre os conceitos de relação com o saber, de Bernard Charlot, e de discurso pedagógico, de Basil Bernstein, articulados com a visão dialógica de mundo de Mikhail Bakhtin. Usa como instrumento metodológico o modelo de Bernstein sobre a estruturação do discurso pedagógico e analisa esse discurso utilizando dados quantitativos e qualitativos. Analisa o contexto sócioideológico da produção dos textos e os sentidos da mobilização para o saber no discurso pedagógico da Educação Física, valendo-se das dimensões interativas e organizacionais sugeridas pelos enunciados do Livro Didático e pelas entrevistas com os seus autores. Constata os indícios de classificações e de enquadramentos no discurso instrucional e no discurso regulativo e a presença das duas lógicas de identidade pedagógicas conduzidas por esses discursos. Confirma que, ao ser orientada por valores de classificação fortes ou por valores de enquadramento polarizados, distantes de valores intermediários, a mobilização para o saber conduz para a construção de identidades monológicas. Por outro lado, sendo a mobilização para o saber orientada por valores de classificação fracos, ou por valores de enquadramento intermediários, conduz para a construção de identidades dialógicas.pt_BR
dc.description.abstractAbstract : The present thesis presents a case study about the constitution process of mobilization to knowledge in the pedagogical discourse substantiated in a coursebook for Physical Education aimed at students at the secondary level of education from a public school in Paraná. The study aims to understand the functioning of the logic inherent in the processes of mobilization to knowledge in Physical Education, focusing on the constitution of the monologic and/or dialogic pedagogical identities, as a result of the meaning attributed to the mobilization for the accomplishment of the pedagogical activities. It develops its theoretical framework in the interlocution established between the concepts of relation to knowledge, by Bernard Charlot, and of pedagogical discourse, by Basil Bernstein, articulated with Bakhtin's dialogical view of the world. As a methodological instrument, it uses Bernstein's model on the structuring of the pedagogical discourse and analyses such a discourse from quantitative and qualitative data. It analyses the socio-ideological context in the production of the texts and the meanings of the mobilization to knowledge in the pedagogical discourse of Physical Education applying the interactive and organizational dimensions suggested by the utterances in the pedagogical coursebook and by the interviews with its authors. The study verifies the signs of classification and framings in the instructional discourse as well as in the regulative discourse and the presence of the two pedagogical identities conveyed by such discourses. It confirms that, when the mobilization to knowledge is informed by strong values of classification or by polarized frame values, distant from intermediate values, it leads to the construction of monologic identities. On the other hand, if the mobilization to knowledge is informed by weak values of classification or by intermediate frame values, it leads to the construction of dialogic identities.pt_BR
dc.format.extent260 f. : il., grafs.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectEducação física - Ensino médio - Paranápt_BR
dc.subjectEducação física - Livro didático - Paranápt_BR
dc.subjectEducação física - Estudo e ensinopt_BR
dc.subjectEducação - Estudantes - Identidadept_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.subjectEducaçãopt_BR
dc.titleMobilização para o saber, discurso pedagógico e construção de identidades : uma análise do livro didático público de Educação Física do estado do Paranápt_BR
dc.typeTesept_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record