Show simple item record

dc.contributor.authorChaves, Edilson Aparecidopt_BR
dc.contributor.otherGarcia, Tania Maria Figueiredo Braga, 1950-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educaçãopt_BR
dc.date.accessioned2020-08-21T14:34:50Z
dc.date.available2020-08-21T14:34:50Z
dc.date.issued2006pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/12066
dc.descriptionOrientadora: Tânia Maria F. Braga Garciapt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação. Defesa: Curitiba, 2006pt_BR
dc.descriptionInclui bibliografia e anexospt_BR
dc.description.abstractResumo : Este trabalho tem como tema a música caipira/sertaneja nas aulas de História. Estes gêneros foram escolhidos em função de sua importância no âmbito da cultura brasileira, sendo considerados como relevantes para se compreender a relação passado/presente. Parte-se do pressuposto de que as letras das canções podem sem entendidas como elementos históricos contextualizados e de que é necessário discutir quais as formas mais adequadas de se incorporar a música nas aulas de História. A pesquisa de campo foi realizada em duas etapas. Na primeira, foram analisados os manuais didáticos desta disciplina aprovados pelo Programa Nacional do Livro Didático entre os anos de 2002 e 2005, com a finalidade de verificar se a música caipira./sertaneja está presente e também para identificar a forma como os autores propõem ou sugerem a sua utilização nas aulas. As análises apontaram para uma ausência da música caipira/sertaneja nos manuais didáticos pesquisados. A partir dessa constatação, estruturou-se uma segunda etapa, trabalho de campo desenvolvido em uma escola pública de Ensino Médio, com jovens da primeira série. Foram utilizados inicialmente dois questionários, com o objetivo de identificar aspectos sócioeconômicos-culturais dos alunos e das famílias, assim como a significância da música em suas vidas e a presença ou ausência da música caipira/sertaneja na cultura de origem. Após a aplicação dos questionários, foi desenvolvida uma atividade com uma música caipira, buscando compreender as relações que os alunos podem estabelecer com esse gênero, no ensino e aprendizado de conhecimentos históricos. Os resultados permitiram constatar que: a) os jovens participantes da investigação, na sua grande maioria, não consomem músicas do gênero caipira/sertanejo; b) esse gênero está presente no passado da maioria de suas famílias e que é consumido no espaço familiar de muitos alunos; c) mesmo não apreciando o gênero, os alunos mostraram-se disponíveis para o desenvolvimento de uma atividade escolar com a música caipira e, ao concluírem o trabalho, mostraram-se capazes de valorizar o gênero como parte da cultura brasileira e como possibilidade para aprender História. Em conclusão, defendese a possibilidade de trabalho com a música caipira em sala de aula como forma de contribuir para o entendimento de vários temas históricos, como recurso para ler e compreender historicamente o passado e como forma de valorização e respeitar as diferentes culturas que compõem a cultura brasileira.pt_BR
dc.format.extentix, 155 f. : il., tabs.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectMusica sertanejapt_BR
dc.subjectHistoria - Estudo e ensinopt_BR
dc.subjectDissertações - Educaçãopt_BR
dc.subjectEducaçaopt_BR
dc.titleA música caipira em aulas de história : questões e possibilidadespt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record