Show simple item record

dc.contributor.advisorPassos, Fernando de Camargopt_BR
dc.contributor.authorKlemann-Júnior, Louript_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciencias Biológicas. Programa de Pós-Graduaçao em Ecologia e Conservaçaopt_BR
dc.date.accessioned2012-03-14T14:25:27Z
dc.date.available2012-03-14T14:25:27Z
dc.date.issued2012-03-14
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/26971
dc.description.abstractResumo: Mosaicos compostos por ambientes alterados e naturais contribuem com distintos graus de importância para diferentes organismos. A importância dos ambientes alterados (matriz) vem sendo negligenciada, devido, em parte, a sempre terem sido considerados homogêneos e inóspitos pelas teorias de biogeografia de ilhas e de metapopulação. Apenas recentemente a matriz passou a ser estudada e a demonstrar sua importância na distribuição e abundância das espécies. A fim de verificar quais e como os diferentes tipos de uso do solo (13 covariáveis) estão relacionados com a ocorrência do chauá (Amazona rhodocorytha) no estado do Espírito Santo e como a escala em que foi conduzida a análise influencia os resultados foram produzidos modelos do processo Poisson não homogêneo, com intensidade do padrão pontual de ocorrência da espécie sendo uma função log-linear das covariáveis significantes, em quatro escalas de análise (unidades amostrais com 25, 100, 225 e 400 km2). Os modelos com melhor ajuste foram obtidos através do método Backward Stepwise Regression, utilizando o critério AIC. Cinco tipos de uso do solo permaneceram significantes em todas as escalas de análise: Afloramento/Solo Exposto, Floresta Natural Primária ou Secundária Avançada ou Média, Pastagem, Rios e Vegetação Natural Secundária. Outros quatro tipos de uso do solo foram significantes em apenas algumas das escalas: Áreas Urbanas, Agricultura, Plantio de Eucalipto em Crescimento e Manguezais. Ficou demonstrado que a matriz possui relação com a distribuição do chauá e que a escala de analise influi no efeito e significância estatística das covariáveis. Tipos de uso do solo diferentes apresentaram resultados mais próximos ao esperado em escalas distintas, reforçando a importância de abordagens em múltiplas escalas ao analisar variáveis espaciais. Dois parâmetros foram usados para identificar a escala ideal de análise: distribuição mais uniforme do valor da variável dentro de sua variabilidade e maior amplitude total de seus valores.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.subjectEcologiapt_BR
dc.titleEcologia de paisagem do Estado do Espírito Santo (Sudeste do Brasil)pt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record